Buscar
  • Márcia Martins

SOCIAL

Max Russi e primeira-dama Virgínia Mendes entregam cestas básicas em Rondonópolis


O parlamentar ressaltou que o social vai além da entrega de cestas básicas: é geração de renda é abertura de vagas de emprego. Inclusive, foi ele um dos idealizadores do Programa Ser Família Emergencial em Mato Grosso. Graças a uma emenda de sua autoria, o benefício foi prorrogado. Através do seu PL nº 602/2021, a Assembleia garantiu a vinculação do recebimento do auxílio a realização de um curso ofertado pelo município, Estado ou entidade sem fins lucrativos, com carga horária mínima de 20 horas.



O deputado Max Russi (PSB) participou nesta segunda-feira (30), junto com a primeira-dama Virgínia Mendes, da distribuição de 1000 cestas básicas em Rondonópolis. Ao ressaltar que se considera o deputado do social no Poder Legislativo e que tem trabalhado bastante em defesa da causa, Max argumentou ser um momento de alegria poder estar na cidade, realizando a entrega dos mantimentos junto com a primeira-dama Virgínia Mendes que todo mês encaminha as cestas para o padre Danilo Rinaldi, coordenador do Oratório Filhos de Dom Bosco, para que seja realizada a seleção das famílias que mais precisam e, consequentemente, a distribuição das cestas.


“Através da primeira-dama e do apoio nosso na Assembleia Legislativa, a gente tem conseguido cumprir esse papel. O estado vai distribuir esse ano mais de 530 mil cestas básicas nos 141 municípios. Rondonópolis tem sido uma prioridade. A primeira-dama sempre tem estado presente aqui e nada melhor que um dia de festa né?”, disse o presidente da Assembleia ao parabenizar o Padre Danilo que comemorou 61 anos de vida religiosa. “Motivo de alegria, estou contente em poder participar de um momento tão especial e de uma ação social de tamanha grandeza”, completou Russi.


Na continuidade, o parlamentar ressaltou que o social vai além da entrega de cestas básicas: é geração de renda é abertura de vagas de emprego. Inclusive, foi ele um dos idealizadores do Programa Ser Família Emergencial em Mato Grosso. Graças a uma emenda do deputado o benefício foi prorrogado. Através do seu Projeto de Lei nº 602/2021, a Assembleia garantiu a vinculação do recebimento do auxílio a realização de um curso ofertado pelo município, Estado ou entidade sem fins lucrativos, com carga horária mínima de 20 horas.


“Colocamos uma emenda ao ser Família de qualificação profissional, pois precisamos preparar as pessoas para o mercado de trabalho”. A proposta do presidente da Assembleia garantiu a vinculação do recebimento do auxílio à realização de um curso de capacitação, dando a possibilidade de mais de um bilhão ser emprestado a empresários, microempresários, agricultura familiar, a economia solidária, para que eles possam fazer o aquecimento da economia, gerando emprego, renda e oportunidades.


“Rondonópolis é um município que vem crescendo, desenvolvendo e nós precisamos trabalhar para que todos os municípios da região sul do estado de Mato Grosso consigam oferecer o mínimo a nossa população.


De acordo com a primeira-dama, o Governo irá continuar tendo esse olhar diferenciado para as famílias que mais precisam e virão mais ações para atender as demandas do povo rondopolitano. Virgínia também agradeceu a parceria do deputado Max. “O Max é um parceiro de todas as horas. Sempre esteve à disposição e tem nos ajudado muito nas ações sociais”, reconheceu Virgínia Mendes.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo