Buscar
  • Joelma Pontes

Max Russi reafirma que o CEJA permanece em Jaciara

Email encaminhado pela SEDUC ao Centro de Educação comunicou a suspensão do programa em diversos municípios mato-grossenses.


FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Após a informação oficial encaminhada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), de que diversos Centros de Educação de Jovens e Adultos – CEJA seriam fechados em 2021, em Mato Grosso, representantes do CEJA “Marechal Rondon”, em Jaciara (147 quilômetros da Capital), procuraram o deputado Max Russi (PSB), para que interviesse sobre a demanda junto ao governo do Estado. “Nós apoiamos a continuidade do CEJA em Jaciara e somos parceiros. O CEJA não surgiu ontem na cidade, já são 11 anos nessa missão de alfabetizar e auxiliar aqueles que não conseguiram concluir a sua escolaridade. Por essa e outras razões o CEJA tem que continuar, não só em Jaciara, mas em todo o Estado”, observou Max Russi. A pedido do parlamentar, uma reunião foi realizada na Seduc, nesta quarta-feira (3) e durante o encontro entre técnicos da pasta e representantes do CEJA de Jaciara, foi anunciado que a instituição não será afetada pelas mudanças que ocorrerão em algumas cidades a partir do ano que vem. Segundo informações da diretora do CEJA, Andreia Scarton, um comunicado enviado por email, pela SEDUC, preocupou os profissionais, além dos jovens, adultos e idosos cadastrados no programa. Só em 2020, 550 pessoas foram contempladas pela modalidade de ensino destinada a todos os cidadãos que não alcançaram a sua escolarização em tempo ou idade certo. A alegação da pasta para o fechamento seria uma possível reorganização do programa. “Só temos a agradecer por mais esse apoio vindo do deputado Max Russi. Nesse momento fechar essa escola traria um impacto na vida de muitos estudantes e profissionais. Em nosso município não precisamos fechar as portas para atender essa demanda. Precisamos, sim, ampliar as formas de atendimento. Investir na educação gera desenvolvimento, renda, melhora a qualidade da mão de obra, gera emprego e acima de tudo melhora as pessoas como ser humano”, ressaltou a diretora. A partir de 2021, o CEJA será remodelado para atender também o ensino médio regular, além de ampliar as vagas para esse segmento. As mudanças visam atender todos os ciclos da educação básica. A informação foi anunciada pelo secretário de Educação, Alan Porto. Aulas na Pandemia - Neste ano, os mais de 500 alunos matriculados, são atendidos na modalidade ‘online’ (ensino remoto) como acontece com as demais escolas em Mato Grosso. O CEJA que já existe há 55 anos em Jaciara, funciona em prédio próprio. Conta com 13 salas de aula climatizadas, quadra esportiva coberta, refeitório e biblioteca e funciona nos períodos matutino e noturno. Emenda Parlamentar – Em 2019, o CEJA de Jaciara contou com um aporte financeiro, fruto de uma emenda parlamentar do deputado Max Russi, que serviu para melhorar sua estrutura física.

423 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo