Buscar
  • Joelma Pontes

Max Russi reafirma que o CEJA permanece em Jaciara

Email encaminhado pela SEDUC ao Centro de Educação comunicou a suspensão do programa em diversos municípios mato-grossenses.


FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Após a informação oficial encaminhada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), de que diversos Centros de Educação de Jovens e Adultos – CEJA seriam fechados em 2021, em Mato Grosso, representantes do CEJA “Marechal Rondon”, em Jaciara (147 quilômetros da Capital), procuraram o deputado Max Russi (PSB), para que interviesse sobre a demanda junto ao governo do Estado. “Nós apoiamos a continuidade do CEJA em Jaciara e somos parceiros. O CEJA não surgiu ontem na cidade, já são 11 anos nessa missão de alfabetizar e auxiliar aqueles que não conseguiram concluir a sua escolaridade. Por essa e outras razões o CEJA tem que continuar, não só em Jaciara, mas em todo o Estado”, observou Max Russi. A pedido do parlamentar, uma reunião foi realizada na Seduc, nesta quarta-feira (3) e durante o encontro entre técnicos da pasta e representantes do CEJA de Jaciara, foi anunciado que a instituição não será afetada pelas mudanças que ocorrerão em algumas cidades a partir do ano que vem. Segundo informações da diretora do CEJA, Andreia Scarton, um comunicado enviado por email, pela SEDUC, preocupou os profissionais, além dos jovens, adultos e idosos cadastrados no programa. Só em 2020, 550 pessoas foram contempladas pela modalidade de ensino destinada a todos os cidadãos que não alcançaram a sua escolarização em tempo ou idade certo. A alegação da pasta para o fechamento seria uma possível reorganização do programa. “Só temos a agradecer por mais esse apoio vindo do deputado Max Russi. Nesse momento fechar essa escola traria um impacto na vida de muitos estudantes e profissionais. Em nosso município não precisamos fechar as portas para atender essa demanda. Precisamos, sim, ampliar as formas de atendimento. Investir na educação gera desenvolvimento, renda, melhora a qualidade da mão de obra, gera emprego e acima de tudo melhora as pessoas como ser humano”, ressaltou a diretora. A partir de 2021, o CEJA será remodelado para atender também o ensino médio regular, além de ampliar as vagas para esse segmento. As mudanças visam atender todos os ciclos da educação básica. A informação foi anunciada pelo secretário de Educação, Alan Porto. Aulas na Pandemia - Neste ano, os mais de 500 alunos matriculados, são atendidos na modalidade ‘online’ (ensino remoto) como acontece com as demais escolas em Mato Grosso. O CEJA que já existe há 55 anos em Jaciara, funciona em prédio próprio. Conta com 13 salas de aula climatizadas, quadra esportiva coberta, refeitório e biblioteca e funciona nos períodos matutino e noturno. Emenda Parlamentar – Em 2019, o CEJA de Jaciara contou com um aporte financeiro, fruto de uma emenda parlamentar do deputado Max Russi, que serviu para melhorar sua estrutura física.

408 visualizações0 comentário