Buscar
  • José Marques

Max Russi propõe ação que atenda asilos, casas de recuperação e moradores de rua durante pandemia

Parlamentar defende criação de central de informações e alerta: “Se nós não tivermos uma atenção especial par aos mais vulneráveis, teremos problemas cada vez mais graves com a sequencia do covid-19”


O deputado Max Russi (PSB) cobrou do governo do estado uma ação social integrada, que atenda aos asilos, casas de recuperação e moradores de rua em Mato Grosso, durante o período de enfrentamento à pandemia causada pelo coronavírus. “Nós temos que fazer uma ação social forte e tem que ser uma ação social integrada, entre estado e municípios”, sugeriu o parlamentar durante sessão extraordinária nesta semana.


Max Russi alega que não tem visto muitas ações efetivas, que atendam a esses segmentos de maneira preventiva e manifestou preocupação, devido às consequências do crescimento exponencial de casos confirmados da covid-19 nos últimos dias.


“Se chegar isso nos moradores de rua, se chegar isso na população mais desassistida, realmente nos deixa bastante preocupado. Fica meu alerta aí ao governo, para que a gente possa desenvolver uma ação efetiva que atenda às essas pessoas, que tanto precisam”, alertou.


Russi também cita como o exemplo o Abrigo Sombra da Acácia, de Jaciara. O lar de idosos tem a maior parte e sua receita proveniente de um evento anual, a “Festa do Abrigo”, que esse ano não será realizado por conta das medidas de enfrentamento ao coronavírus. “Esse ano não vai ter a festa. Como vai segurar? Nós precisamos ajudar a essas instituições”, reforçou.


Outra sugestão, apresentada pelo deputado Max Russi, foi à criação de uma central de informações mais acessível, que possa orientar as pessoas sobre como proceder em momentos de dificuldade, seja em relação a atendimentos em saúde, quanto social.

“Muita gente me procura e não sabe pra onde se dirigir. Gente precisando de uma cesta básica, precisando de um apoio e não sabe a quem recorrer”, argumentou.

0 visualização