Buscar
  • José Marques

Max Russi pede ampliação de leitos em Barra do Garças e mais “Kits Covid” para evitar colapso

Mais de 50% dos leitos hospitalares estariam sendo ocupados por indígenas da etnia Xavante. Araguaia teme esgotamento.


O deputado Max Russi propôs ao Governo do Estado a ampliação dos leitos hospitalares de Barra do Garças. Segundo informações repassadas ao parlamentar, mais de 50% deles estão sendo ocupados por indígenas da etnia Xavante. Na indicação, apresentada nesta quarta-feira (24) na Assembleia Legislativa, Russi também pede o envio de kits de tratamento para a covid-19.


Ainda de acordo com as autoridades locais quatro, das oito unidades de terapia intensiva (UTIs) específicas para o atendimento à pacientes infectados pelo coronavírus, estão ocupadas por índios de aldeias próximas.


“O prefeito Roberto Farias está preocupado e trabalhando muito, para resolver e prevenir situações. Barra do Garças é o polo do Araguaia, pois além e atender diversas cidades do entorno, atende também as aldeias indígenas próximas. Precisamos que providencias sejam tomadas de imediato”, alerta.


No caso dos pacientes da rede privada, a informação é que grande parte está sendo tratada precocemente com Azitromicina, Ivermectina, vitaminas C e D e Zinco. Max Russi destaca que, segundo relatos de muitos médicos locais, o tratamento possui a capacidade de diminuir a necessidade de internação.


“Essas medidas dão margem, para que o sistema de saúde de Barra do Garças, até mesmo do Araguaia, não entre em colapso. Se o ‘Kit Covid” está tendo eficácia, seria importante que o governo enviasse mais desses medicamentos. Toda solução é válida. Como deputado, que também representa aquela região, faço esse apelo”, concluiu.

2 visualizações