Buscar
  • José Marques

Max Russi e Roberto Farias articulam creche com capacidade de 2 mil crianças para Barra do Garças


A proposta para transformar a antiga Escola Dom Bosco, de Barra do Garças, em uma creche municipal para atender 2 mil crianças foi apresentada ao governador Mauro Mendes, nessa quinta-feira (05), pelo deputado Max Russi e pelo prefeito Roberto Farias.


Essa alternativa surgiu devido à crise econômica enfrentada pelo Estado, que em seu momento atual não apresenta condições em dar continuidade à reforma das instalações para a implantação da Escola Estadual Tiradentes, a Escola Militar, iniciada em 2018.


O Executivo acatou a ideia e se prontificou a estudar a proposta com a Secretaria de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, que também participou do encontro, junto ao secretário-Chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.


Roberto Farias alertou sobre a deterioração do prédio e teve a garantia da destinação dos recursos de uma emenda parlamentar de Max Russi, que será fundamental para o prosseguimento do projeto.



“Nos reunimos com o governador e com os secretários da Casa Civil e de Educação para apresentarmos essa alternativa, que é transformar a Escola Dom Bosco em uma grande creche para atender os pais de famílias trabalhadores, ofertando mais de duas mil vagas para crianças. E, em contrapartida, a Escola Tiradentes seria construída em um local mais adequado pelo Estado, mantendo o projeto de implantar a unidade em Barra do Garças”, informou.


O deputado Max Russi parabenizou a iniciativa do prefeito de Barra do Garças. Para ele, a localização e a estrutura privilegiada vão facilitar na logística, para que o centro infantil possa atender a toda cidade. “Hoje o Estado vive uma carência de creches para atender a sua demanda e essa tratativa atende a comunidade local trazendo benefícios aos pais e as crianças que serão atendidas”, ressaltou.


Em março desse ano, Max Russi apresentou uma indicação, em sessão plenária, cobrando para que o Governo do Estado retomasse as obras de implantação da Escola Militar Tiradentes. Essa demanda havia sido apresentada ao parlamentar pelo vereador Geralmino Alves, o popular Doutor Neto.


Para a implantação do novo sistema de ensino público, o Executivo Estadual orçou, no início do ano passado, um investimento equivalente a R$ 502 mil para os serviços de reforma das instalações.

0 visualização