Buscar
  • Joelma Pontes

Max Russi atende apelo de motoristas e cobra Estado à conclusão da MT-344

Obras no trecho que liga Jaciara, Dom Aquino e Campo Verde estão paradas há seis anos.



Após ouvir inúmeras reclamações de motoristas, principalmente de produtores rurais, o primeiro-secretário da Assembleia, deputado Max Russi (PSB), cobrou o Poder Executivo Estadual e também a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), celeridade na conclusão das obras da MT-344, nos trechos que ligam Jaciara, Dom Aquino e Campo Verde, inacabadas há pelo menos seis anos.


Márcio Arlindo de Andrade, 42 anos, é funcionário público do município de Campo Verde. Ele trabalha no transporte de pacientes e relata as dificuldades enfrentadas por ele e de outros motoristas que precisam trafegar pelo trecho das obras inacabadas. Segundo ele, o período chuvoso tem acarretado em sérios prejuízos para quem trafega pelo local.


“Essas obras começar há 6 anos e, até hoje não terminou. E sempre que passa o período de chuva, precisa começar do zero. Sem contar que o serviço não “anda” e agora, nesse período chuvoso, a estrada está igual um sabonete, muito perigoso. Obras muito parecidas em cidade vizinha, já terminaram e aqui nada até hoje. É muito difícil. É um trecho que além de perigoso, devido aos constantes acidentes, acarreta em prejuízos pois acaba estragando o carro. Está faltando fiscalização. Espero que o deputado consiga resolver esse problema”, relatou Márcio.


Segundo o parlamentar, a condição da rodovia tem preocupado. Ele explica que além de colocar a vida dos motoristas em risco, ainda indica o desperdício considerável de dinheiro público, já que as obram começam de tempos em tempos, mas nunca são concluídas.





“Por essa rota passa grande parte do escoamento de grãos do estado, e também boa parte dos produtos pecuários, mas infelizmente a rodovia encontra-se em péssimas condições de trafegabilidade, onde existem, inclusive, enorme crateras, que além de provocar danos materiais aos donos de veículos, ainda estão provocando graves acidentes”, observou Max Russi.


No documento encaminhado ao governador do estado, Mauro Mendes (DEM) e à Sinfra, Russi ainda argumentou que os acidentes, envolvendo carros, caminhões e motos ocorrem devido à tentativa de desviar dos buracos. “O motorista acaba perdendo o controle do veículo ao cair em buracos e, agora no período de chuvas a situação é ainda complicada”, pontuou o deputado que também representa a região.


Vale destacar que, a região possui grande potencial turístico e econômico. Além disso, a rodovia é utilizada como rota entre a Capital mato-grossense e municípios importantes localizados na região Sul do estado, entre eles Rondonópolis, Juscimeira, Campo Verde, Dom Aquino e São Pedro da Cipa, inclusive é opção para ir ao estado vizinho de Mato Grosso do Sul.

7 visualizações0 comentário