Buscar
  • Joelma Pontes

Comitiva recorre a Max Russi por melhorias em Arenápolis


A pedido do prefeito Éder Marquis (PP), uma comitiva de Arenápolis esteve reunida com o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), nesta quarta-feira (3) para tratar de demandas relacionadas ao social. Entre os pedidos, está a construção da nova sede do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), onde funcionará, também, a Secretaria Municipal de Assistência Social, além da aquisição de um veículo para atender o centro.

Maria Campos (DEM), vice-prefeita da cidade, considera importante a parceria com o Legislativo Estadual por meio do deputado Max Russi, já que o município busca melhorar a qualidade de vida da população local. "Estamos otimistas que nossos pedidos serão atendidos. O deputado Max nos atendeu, mostrou interesse em nos ajudar e mostrou preocupação com a nossa cidade”, salientou a vice-prefeita.


Outra reivindicação feita ao parlamentar foi a reforma do Lar do Idoso, que atualmente atende 150 pessoas. A melhoria na estrutura física inclui a construção de muros. “No lar, realizamos várias atividades com a melhor idade. São momentos de lazer e recreação em dias e horários diferentes, obedecendo ao protocolo de segurança preconizado pelos órgãos de saúde”, explicou a secretária de Assistência Social, Hieza Figueiredo.


O grupo também solicitou ao deputado, que faça gestão junto à Secretaria de Estado de Assistencial Social (Setacs), para que Arenápolis seja contemplada com o “Ser Família”, na segunda etapa do programa. Na cidade, somente pessoas cadastradas no Bolsa Família, somam 463, número que já chegou a 700, quatro anos atrás.


“Temos muito interesse pela adesão do Ser Família. Esse programa é extremamente importante para o nosso povo. Com certeza irá ajudar. A reunião foi muito produtiva, saímos daqui (gabinete) animadas com o acolhimento que tivemos. O deputado Max e toda equipe mostraram muito interesse em nos atender e com certeza isso fará toda a diferença”, ressaltou a secretária.


Na solicitação feita pela comitiva também consta o pedido de um micro-ônibus para atender as atividades realizadas com estudantes, adolescentes, jovens e idosos do município. Ao todo, são 250 pessoas cadastradas. Consta ainda, o pedida para implantação de uma academia ao ar livre, mas dentro do Lar do Idoso.

Participaram também da reunião, a assistente social de Arenápolis, Alvina Alves e a coordenadora do CRAS, Jaqueline Cantuário dos Santos.

24 visualizações0 comentário